Gamblers and lovers really play to lose.
Lawrence Durrell

Flickr
Cinema Memória
I'm also part of the human catalogue.
Install Theme
O problema é que todos nós somos cegos, dependentes de representações predeterminadas sobre o que acreditamos que vamos ver. É o que acontece na maior parte do tempo. Não experienciamos o mundo. Experienciamos as nossas expectativas acerca do mundo.
(…) Escrevi uma vez num texto: “Quando as nossas mães nos dão à luz, nascemos nós e o nosso medo.” Tem-se sempre medo. Mas ou o medo toma conta de nós ou tentamos domar o medo. Nunca se sabe se se vai flipar, se se vai ficar doido. [O desafio] é não ficar perplexo perante aquela sombra gigante, delinear os contornos daquela sombra, perceber que é só um padrão.”
”(…) É muito cara, a intimidade. É o sítio onde se une tudo, é na intimidade.” ”(…) Gosto de pensar espectáculos, mas não gosto de fazer espectáculos. Gosto de ter ideias, mas não gosto de as fazer. Não quero entrar em espectáculos, não quero escrever textos, não quero fazer nada.”
”(…) A arte é um legado do pensamento, não é da materialização. Não precisávamos da materialização, toda a gente sabe.
O único fenómeno estranho ao instinto de sobrevivência que manda em qualquer pessoa, animal ou anjo que exista, é o amor.

(Source: musicand-o, via colapso-diario)

via untrustyou / Christof Plümacher - Urban Darkness

Só quando eu quiser.

Não me prendo a nada que me defina.
Sou companhia, mas posso ser solidão;
tranquilidade e inconstância; pedra e coração.
Sou abraços, sorrisos, ânimo, bom humor, sarcasmo, preguiça e sono.
Música alta e silêncio.
Serei o que você quiser, mas só quando eu quiser.

-
Clarice Lispector

antiquíssima facção

Letra morta

Dizem-me, com a ênfase sobranceira de quem dá conselhos: «Não faças isso por ele: ele nunca faria isso por ti». Mas eu pertenço a uma antiquíssima facção que inverte esse raciocínio: gostaria que ele fizesse isso por mim, portanto faço isso por ele. O meu interlocutor parece espantado: ou nunca ouviu tal coisa ou achava que era letra morta.

-
Pedro Mexia - link

via secretcinema1Varanasi, India, 1999, Pentti Sammallahti

via secretcinema1
Varanasi, India, 1999, Pentti Sammallahti

(via pedroquintas)